| plantas |

O melhor médico é a natureza: cura três quartos das doenças e nunca diz mal dos colegas. Louis Pasteur (1822 – 1895)


Valeriana
  • A raiz de valeriana é utilizada em preparações para tratar insónias, nervosismo, hipertensão arterial, ansiedade, angústia, enxaquecas, desmame de benzodiazepinas e em períodos de maior stress.
  • A raiz de valeriana é uma alternativa natural para os sedativos, permitindo obter resultados semelhantes mas sem os efeitos secundários dos fármacos.
  • As folhas de valeriana podem ser utilizadas em sopas ou saladas.
  • A valeriana tem acção anti espasmódica podendo ajudar nas dores menstruais.
  • O chá de raiz de valeriana, usado em compressas, ajuda a aliviar dores de cabeça.
  • É conhecida como a “erva dos sonhos” por ajudar a proporcionar um sono tranquilo. Não provoca sonolência nem altera a concentração durante o dia.
  • A raiz de valeriana é muito rica em valepotriatos (valtrato e isovaltrato).
  • Ao contrário de grande parte dos fármacos, a valeriana não causa dependência física.
  • Se usada em quantidades muito elevadas pode causar tonturas, náuseas, vertigens e dores de cabeça.
  • É usada para reduzir a ansiedade de quem está a deixar de fumar, dando um sabor desagradável ao tabaco.
  • A valeriana pode ajudar a prevenir crises de epilepsia, quando é associada ao tratamento farmacológico para a epilepsia.

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright: Todos os direitos reservados a Dra. Eduarda Alves, 2007